Só Vitoria!

“E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.”
Mateus 10:38

Temos uma incrível falta de fé quando passamos por problemas. Achamos que estamos em pecado, que Deus não se agrada mais da gente e muitas vezes somos até contestados por outras pessoas sobre o que estamos fazendo de errado!

Lutas nem sempre são sinais de fracasso, abandono, derrota, preguiça, ou de inúmeras coisas que passam pela nossa cabeça.

Não estou falando sobre as lutas que temos por conseqüência de um ato errado (pecado).

Estou falando de lutas, fatos contrários que estamos vivendo mesmo fazendo as coisas de forma correta. Coisas ruins acontecem a pessoas boas da mesma forma que coisas boas acontecem às pessoas de má índole.

 “Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos.”
Mateus 5:45

Temos que parar de torcer a filosofia de vitória bíblica achando que ele se define somente ao sucesso e conquista de bens nesta terra.

Vejamos o livro de Atos dos Apóstolos. É o relato de um povo vitorioso. A igreja primitiva avança de uma forma sobrenatural através do ministério de um homem chamado Jesus que escolhe e capacita 12 pessoas para seguir após Ele nesta Terra e levar o evangelho até os confins da Terra. Somos frutos de Jesus Cristo que deu a sua vida em todos os sentidos por amor de cada um de nos!

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.”
João 3:16

Pegue as escrituras e leia sobre a vida de Jesus e seus discípulos, Pedro, Paulo, João, Estevão e muitos mais outros.

Alguém se atreve a dizer que não são vidas vitoriosas?

Agora te pergunto:

Trazendo para os dias de hoje, onde está a vitória deles?
Não vejo nenhum deles cheio de bens, cheio de ouro, não vejo relato dos discípulos de Cristo com uma casa linda de frente para o rio Jordão com três carruagens na garagem.

Não são estas vitórias que muitos de nos “crentes” em Cristo Jesus procuramos hoje? Procuramos sucesso, dinheiro, uma boa casa, um bom carro, e quando algo está errado caímos em profunda tristeza.

Em Gálatas 6:14 e Gálatas 6:17 vejo Paulo se gloriando na cruz e nos sofrimentos passados por amor a Cristo e não se gloriando nos bens recebidos!

“Quanto a mim, que eu jamais me glorie, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, por meio da qual o mundo foi crucificado para mim, e eu para o mundo.”

“Sem mais, que ninguém me perturbe, pois trago em meu corpo as marcas de Jesus.”

Barreiras também existiram na vida de Cristo. Todo mundo sabe que Jesus viveu toda a vida com pessoas querendo puxar o seu tapete. Pessoas que o honravam com os lábios, mas com o coração longe da presença dEle (Mateus 15:8). Pessoas religiosas e invejosas, que tem os olhos fitos na gloria desta terra, nos bens e frutos que ela pode dar e por isso foram contra o Deus vivo, pois amaram mais as coisas do que o Criador.
Um povo que assim como nos, tem o privilegio de presenciar o Deus vivo operando com cura, libertação, salvação e mesmo assim estão com os olhos presos no bezerro de ouro que muitas vezes o chamamos de benção. Ela pode ser tanto material, como autoridade, poder, emprego novo, namorado novo, etc.

Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?
Tiraram, pois, a pedra de onde o defunto jazia. E Jesus, levantando os olhos para cima, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido.
Eu bem sei que sempre me ouves, mas eu disse isto por causa da multidão que está em redor, para que creiam que tu me enviaste.
E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora.
E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir.
Muitos, pois, dentre os judeus que tinham vindo a Maria, e que tinham visto o que Jesus fizera, creram nele.
Mas alguns deles foram ter com os fariseus, e disseram-lhes o que Jesus tinha feito.
Depois os principais dos sacerdotes e os fariseus formaram conselho, e diziam: Que faremos? porquanto este homem faz muitos sinais.
Se o deixamos assim, todos crerão nele, e virão os romanos, e tirar-nos-ão o nosso lugar e a nação.
(João 11:40-48)

Jesus podia se queixar assim como nos pelo fato de fazer as coisas certas e mesmo assim não ver a transformação imediata daqueles (nos) a qual Ele veio salvar.

Todos os confrontos que temos passado são na verdade barreiras tentando nos atrapalhar de chegarmos a vitória!

Um capitulo que melhor define isto tudo que falamos é: 2 Coríntios 12: 1:10

É necessário que eu continue a gloriar-me com isso. Ainda que eu não ganhe nada com isso, passarei às visões e revelações do Senhor.
Conheço um homem em Cristo que há catorze anos foi arrebatado ao terceiro céu. Se foi no corpo ou fora do corpo, não sei; Deus o sabe.
E sei que esse homem — se no corpo ou fora do corpo, não sei, mas Deus o sabe —
foi arrebatado ao paraíso e ouviu coisas indizíveis, coisas que ao homem não é permitido falar.
Nesse homem me gloriarei, mas não em mim mesmo, a não ser em minhas fraquezas.
Mesmo que eu preferisse gloriar-me não seria insensato, porque estaria falando a verdade. Evito fazer isso para que ninguém pense a meu respeito mais do que em mim vê ou de mim ouve.
Para impedir que eu me exaltasse por causa da grandeza dessas revelações, foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás, para me atormentar.
Três vezes roguei ao Senhor que o tirasse de mim.
Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim.
Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte.

 Portanto, não tenha medo e nem vergonha da sua luta.
Saiba que isto faz parte do plano de Deus e Ele nos testifica em sua palavra:

Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.
Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.
O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.
E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.
Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.
Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus.
Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou,
Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus.
Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora.
E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo.
Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará?
Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos.
E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.
E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos.
E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.
E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.
Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?
Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.
Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.
Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?
Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro.
Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.

 

Anúncios

Sobre marinhosn

Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo. Porque em Cristo Jesus nem a circuncisão, nem a incircuncisão tem virtude alguma, mas sim o ser uma nova criatura. E a todos quantos andarem conforme esta regra, paz e misericórdia sobre eles e sobre o Israel de Deus. Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja, irmãos, com o vosso espírito! Amém. Gálatas 6.14-18
Esta entrada foi publicada em Auto - Ajuda, Cristianismo, Religião, Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s